Felicidade Relacionamentos

10 relacionamentos tóxicos que pessoas mentalmente fortes evitam!

10 relacionamentos tóxicos que pessoas mentalmente fortes evitam!
Author Image
Escrito por Marta Leite
Todos os relacionamentos fracassados doem, mas abrir mãos dos relacionamentos tóxicos é realmente um ganho, não uma perda.

Nós aprendemos de ouvido muitas coisas sobre relacionamentos. Mas quando se trata de realmente lidar com as complexidades das relações do mundo real, nós estamos dando muito pouca orientação oficial… ou pior, nós estamos dando conselhos tipo coluna em revistas de beleza on-line.

Felizmente, tem havido uma série de pesquisas científicas em relacionamentos saudáveis e felizes ao longo das últimas décadas. Essas pesquisas têm permitido que as pessoas as conheçam de forma a construir a sua força mental contra relacionamentos tóxicos e comportamentos de relacionamentos tóxicos. E isso é exatamente o que eu quero compartilhar com vocês hoje. Aqui estão os dez tipos mais comuns de relacionamentos tóxicos que pessoas mentalmente fortes aprendem a evitar:

  1. Relações conduzidas por uma só pessoa.

Um relacionamento é tóxico quando uma só pessoa está conduzindo-o. Ponto.

Quando você se sentir fora de controle ou um pouco perdido, pode ser tentador olhar para alguém disposto a assumir o controle de sua vida para você. Nem que seja só para aliviar a pressão. Mas antes, considere o seguinte: se você colocar uma coleira em torno de seu próprio pescoço e entregá-la para outra pessoa, você não tem nenhuma voz sobre para onde ela irá levar sua vida.

Nós nunca devemos nos sentir impotentes ou presos em um relacionamento. Na verdade, se qualquer pessoa se sente impotente ou presa, a relação não existe realmente. Porque é justamente sobre isso que os relacionamentos são: a liberdade.

  1. Relacionamentos que são supostamente para “completar” você.

Nossa cultura, que baseia-se em fantasias de amor romântico, muitas vezes sugere que uma vez que você se encontra com “A Pessoa”, você será salvo de sua miséria ou tédio e elevado a um estado de plenitude e felicidade perpétua.

Então, é fácil acreditar que isso é o trabalho do seu parceiro: fazer você se sentir alegre e completo. Mas a verdade é que, enquanto um relacionamento saudável pode certamente trazer alegria, não é o trabalho de seu parceiro preencher seus espaços vazios. Esse é seu trabalho. E é seu sozinho. E até você aceitar a plena responsabilidade por seu vazio, dor ou tédio, os problemas irão inevitavelmente imperar no seu relacionamento.

  1. Relacionamentos baseados em co-dependência.

Quando suas ações e pensamentos giram em torno de uma outra pessoa, desrespeitando por completo suas próprias necessidades: é co-dependência – e é tóxico. Quando você abrir um precedente que alguém é responsável por como você se sente em todos os tempos (e vice-versa), então ambos irão desenvolver tendências a co-dependentes. De repente, nenhum de vocês tem permissão para planejar algo sem obter aprovação do outro. Todas as atividades – até mesmo as coisas triviais, como assistir um programa de TV – devem ser negociadas e comprometidas. Quando alguém começa a ficar chateado, todas as necessidades pessoais saem pela janela porque agora é sua a responsabilidade de fazer o outro se sentir melhor.

  1. Relações com base em expectativas idealistas.

Você não ama e aprecia alguém porque ele é perfeito; você o ama e o aprecia apesar do fato de que ele não é. “Perfeição” é uma fantasia mortal – algo que nenhum de nós jamais atingirá. Então, cuidado com sua tendência para “consertar” alguém quando ele não está quebrado. Ele é perfeitamente imperfeito, do jeito que deveria ser.

Na verdade, quanto menos você espera de alguém que você gosta, mais feliz o seu relacionamento com ele será. Ninguém em sua vida vai agir exatamente como você espera ou não que ele aja, nunca. Eles não são você – eles não vão amar, dar, compreender ou responder como você faz.

  1. Relações onde a culpa do passado é usada para justificar justiça no presente.

Quando alguém com quem você está em um relacionamento continua a culpá-lo por seus erros passados, seu relacionamento é tóxico. Se ambas as pessoas no relacionamento fizerem isso, ele se torna uma batalha desesperada para ver quem tem mais asneira ao longo dos anos, e, portanto, que deve o outro mais de um pedido de desculpas.

Quando você usa alguns erros do passado da outra pessoa, a fim de tentar justificar o seu próprio erro presente, é uma situação de perda. Não só você está esquivando-se do atual problema (válido) em si, mas você está cavando culpa e amargura do passado para manipular a outra pessoa para fazê-la sentir-se mal no presente.

  1. Relações construídas em mentiras diárias.

A confiança é a base de um relacionamento saudável, e quando a confiança é quebrada é preciso tempo e vontade por parte de ambas as pessoas para consertá-la e curar.

Lembre-se, um adversário honesto é sempre melhor do que um amigo ou amante que mente. Preste menos atenção ao que as pessoas dizem, e mais atenção ao que elas fazem. Suas ações irão mostrar-lhe a verdade, a longo prazo.

  1. Os relacionamentos que não têm o perdão e a vontade de reconstruir a confiança.

Não compreender que a confiança quebrada pode ser reparada leva a um futuro sombrio.

Quando a confiança é quebrada, o que acontece em quase todos os relacionamentos de longo prazo, em algum momento, é essencial entender que ela pode ser reparada, desde que ambas as pessoas estejam dispostas a fazer o trabalho duro de auto-crescimento.

É um trabalho doloroso e um tempo doloroso, e o impulso será o de sair, especialmente se você acredita que a confiança quebrada não pode ser reparada. Mas se você entender que os níveis de confiança sobem e descem ao longo de uma vida, você vai ser mais propenso a encontrar a força para cair, levantar e crescer juntos.

  1. Relacionamentos em que a agressão passiva domina a comunicação.

Comportamento passivo-agressivo assume muitas formas, mas geralmente pode ser descrito como uma agressão não-verbal que se manifesta no comportamento negativo. Em vez de expressar abertamente como ele se sente, alguém faz sutis gestos irritantes dirigidos a você. Em vez de dizer o que realmente incomoda você, você encontrará pequenas e mesquinhas maneiras de agir com alguém até ele prestar atenção e ficar chateado.

Isto é, obviamente, uma situação de relação tóxica. Isso mostra que vocês dois não estão confortáveis em comunicar abertamente e claramente com o outro. Alguém não tem motivos para ser passivo-agressivo, se ele se sente seguro expressando quaisquer preocupações ou inseguranças dentro do relacionamento. Uma pessoa nunca vai sentir a necessidade de se esconder atrás de agressão passiva, se ela sente que não vai ser julgada ou criticada pelo que ela está pensando.

  1. Relações regidas pela chantagem emocional.

Chantagem emocional é quando alguém aplica uma sanção emocional contra você quando você não fizer exatamente o que ele quer. A condição-chave aqui é que você mude o seu comportamento, contra a sua vontade, como resultado da chantagem emocional. Em outras palavras, na ausência da chantagem emocional você faria diferente, mas você teme a pena, então você cede. Esse é um comportamento extremamente tóxico.

A solução para a agressão passiva, é simplesmente uma melhor comunicação. Não deve nunca ser uma grande penalidade, apenas uma conversa honesta. É crucial para ambas as pessoas em um relacionamento de saber que os pensamentos e sentimentos negativos podem ser comunicados com segurança um ao outro sem que haja penalidades e repercussões adversas. Caso contrário, as pessoas vão suprimir seus verdadeiros pensamentos e sentimentos, o que leva a um ambiente de desconfiança e de manipulação.

  1. Os relacionamentos que são sempre colocados em segundo plano.

A falta de determinar o tempo de qualidade para os relacionamentos importantes é o maior de todos os erros dos relacionamentos tóxicos, e que ainda muitas vezes passa despercebido… pelo menos por um tempo… até que tudo começa a cair aos pedaços.

A verdade é que os relacionamentos são como qualquer outra entidade viva: eles exigem tempo dedicado a fim de sobreviver e prosperar. E se não for regado com tempo de qualidade a cada semana, ele vai começar a murchar. Crie um tempo a cada semana apenas para aqueles que se preocupam com você. Alguns minutos de interação de qualidade em seus relacionamentos mais íntimos irão nutri-los e mantê-los fortes.


Traduzido e adaptado do original escrito por MARC CHERNOFF – 10 Toxic Relationships Mentally Strong People Avoid


Se esse artigo lhe foi útil curta e compartilhe!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Author Image

Marta Leite

Life and Business Coach - Harmonia Pessoal

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: