Auto-Aprimoramento Desenvolvimento Pessoal

22 perguntas a fazer-se quando o estresse se aproximar

22 perguntas a fazer-se quando o estresse se aproximar
Estresse… Nós todos sabemos o que sentimos. Manifesta-se para cada um de nós de maneiras diferentes. Tira-nos do sono à saúde. Como lidar com ele?

Estresse … ugh. Nós todos sabemos o que sentimos. Manifesta-se para cada um de nós de maneiras diferentes. Tensão muscular, incapacidade de dormir bem, dores de cabeça, uma sensação de ansiedade inescapável em seu intestino, imunidade reduzida à doença. E isso pode afetar nossos relacionamentos e potencial de desempenho de maneiras igualmente prejudiciais.

Como você responde ao estresse é um dos maiores determinantes de se ou não você atinge seus objetivos. E se eu lhe dissesse que o estresse não impede o desempenho? Ou, melhor, que não tem que? Estresse aumenta o desempenho, se é o tipo certo de estresse, nas quantidades certas. Então, como você dizer a diferença, e como você pode fazer o estresse trabalhar para você?

Então aqui vai esta lista de perguntas para ajudá-lo a processar as raízes de seu estresse. Elas devem ajudá-lo também. Mas esteja pronto, elas vão lhe dar um certo trabalho para fazer… não apenas em seu negócio, mas em todas as áreas de sua vida:

1. Existem fatores de estresse externos identificáveis que são incomuns ou diferentes de alguma forma?

Nomeie-os – particularmente aqueles que são negativos e que você pode não ter encontrado antes. O que está diferente? O que você precisa para lidar de forma diferente da que você tinha feito antes?

2. Algum destes está vinculado a relacionamentos-chave que têm um significado particular para você? Pessoal ou profissional?

Nomeie-os especificamente.

3.  Qual é o significado que eles têm para você? O que está em perigo? O que está ameaçado? O que é assustador?

Encare-o, e coloque-o em sua correta perspectiva.

4. Qual a relação entre a enorme quantidade de coisas a fazer vs estresse que isso tem lhe provocado? 

Seja específico sobre onde você se sente sobrecarregado em termos de tempo, energia, capacidade e poder cerebral. Priorizar e podar a quantidade para o que você pode fazer e o que é mais importante.

5. Existe uma pessoa ou pessoas relacionadas com a fonte de onde o estresse vem? Quem? O que você precisa fazer para lidar com essa situação?
6. O estresse provém principalmente de forças externas, ou de forças internas? Como uma pressão que vem de dentro? Vozes e demandas irrealistas de dentro de sua própria cabeça? Conflitos internos?

Nomeie-os. De onde vem esse pensamento tolo? Como você precisa observá-lo e mudá-lo?

7. Qual é a ponto-chave que faria tudo ir embora? É um contrato? É um tipo de relacionamento diferente que não um contrato? É algum tipo de ajuda? Um desejo de ser resgatado por alguém forte e capaz, ou de apoio e motivação?

Deixe ir e pergunte a si mesmo a verdade. Isso poderá mostrar-lhe sobre o que é a pressão exata que você sente, e se você precisa trazer alguma outra capacidade ou necessita de receber mais apoio.

8. É o que você vê na sua agenda que faz o seu estresse subir ou retira totalmente suas energias assim que você olha para ele?

Diga. Por que isso lhe deixa assim? O que você pode mudar sobre como você pensa sobre isso? Você pode obter ajuda para lidar com isso? Como você pode livrar-se de partes disso?

9. De tudo pelo que você se sente responsável o que está fora de seu controle?

Nomeie esses fatores – eles estão lá. Anote-os, e se preocupe com eles por apenas cerca de cinco minutos e, em seguida, vire para a lista de coisas que você realmente pode controlar.

10. Por quem você se sente afetado por isso estar fora do seu controle?

Nomeie essas pessoas. Comece a perceber que você não pode controlá-los, ou seus comportamentos, mas você pode controlar como eles estão afetando você e como você reage ou responda a eles.

11. Quem está enchendo seu tanque? Quem te faz sentir animado depois de estar com eles? E mais feliz? Revigorado? Energizado? Descontraído?

Nomeie-os. Descubra quando e o que você faz para que isso aconteça. Obviamente, precisa de mais.

12. Quem é o oposto? Aqueles com quem o resultado é negativo para você.

Nomeie-os. Você obviamente precisa de menos, ou menos tempo ao seu redor deles, ou mudar a dinâmica com eles de alguma forma.

13. Onde você está operando fora de seus pontos fortes?

Nomeie as horas e os lugares. Limite a sua exposição a eles e obtenha alguma ajuda nessas áreas. Reduza suas expectativas para atuar perfeitamente em áreas que não são suas áreas fortes.

14. Quem tem ao seu redor que você secretamente gostaria de fosse embora?

Nomeie-os. Lide com eles diretamente se possível.

15. O que reside “lá fora” que lhe parece ameaçador? Pressentimento? Como? É fora de seu controle? Como? Como você está interpretando seu resultado ou resultado possível?

Diga. Procure como você está permitindo que o resultado seja este, em vez de se preparar para ele ou impedi-lo de acontecer.

16. Você está desfrutando do descanso e relaxamento que você realmente precisa? Mesmo? Mesmo? Mesmo?
17. Onde você sente que está ficando aquém de suas próprias expectativas ou das expectativas dos outros? Como? São realistas ou mesmo verdade? Você perguntou a eles? Você já teve uma discussão orientada à solução com eles?
18. Você está se isolando de pessoas ou atividades que o abastecem? Quanto tempo? Por quê?
19. Você se sente controlado por outros? Quais?

Nomeie-os. Por que você não pode ou não está dizendo “não”?

20. Com quem você se ressente? Por quê? Como eles têm encurralado você a ter que aturar isso?
21. O que o machuca em seu coração? O que faz você ficar triste ao pensar ou falar? Com quem você está falando sobre isso? Por que não? Eles são úteis? Em quem você poderia confiar?
22. O que está se passando atualmente que desencadeia em você dor antiga, trauma ou ansiedade? Do que você está sendo lembrado?

Portanto, há algumas coisas para pensar. Obviamente apenas ler isso não vai resolver tudo, mas pode dar-lhe indicações muito claras das coisas que você pode ter que resolver que estão criando o estresse. Mergulhe, vá para o trabalho e espero vê-lo sorrindo do outro lado!


Traduzido de Success Magazine


Se esse artigo lhe foi útil, curta, comente e compartilhe!

Para ajudar-nos a melhorar o conteúdo do nosso site, deixe o seu voto.

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Author Image

Marta Leite

Life and Business Coach - Harmonia Pessoal

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: