Felicidade

9 maneiras de dizer não para a negatividade

Você é do tipo que tende mais para a positividade ou para a negatividade? Saiba que o quanto olha para lado cinzento da vida pode ser determinante.

Se você é do tipo de pessoa que enxerga o copo “meio vazio”, quando ouve slogans como “Pense positivo!” pode fazer você se sentir como se fosse um corredor ocasional sendo dito para correr uma maratona… amanhã. Antes de implementar estratégias de positividade – e colher os benefícios da melhoria da saúde, melhores relacionamentos e mais felicidade – você tem que começar por diminuir a negatividade.

Foram coletadas as melhores dicas de redução de negatividade de psicólogos, coaches e autores para ajudar a identificar os seus hábitos de ver as coisas pelo lado cinzento e aprender a como mudá-lo. Há um lado brilhante esperando por você!

  1. Defina metas razoáveis.

“Um monte de pessoas que vêem o lado negativo das coisas também tendem a colocar-se para baixo porque elas montaram enormes, intimidatórias metas que são difíceis de atingir. Então, ao invés de dizer: “Eu vou escrever um livro este ano!” Comece com uma meta de se inscrever para um curso de escrita criativa ou completar três páginas para começar. A satisfação em atingir estes objetivos menores irá motivá-lo a alcançar o próximo.

  1. Transforme “problemas” em “desafios”.

Palavras são muito poderosas. Tente criar uma lista de palavras negativas ou frases que você usa com freqüência e substitua-las por outras que sejam um pouco mais positivas. Se você se queixa regularmente de problemas, por exemplo, comece a se referir a eles como desafios em vez problemas. Elimine a frase “Eu deveria…” a partir do seu diálogo interno, também, e substitua-la por “Eu poderia escolher…”. “Deveria” carrega obrigação, medo e ressentimento. “Escolher” coloca você no assento do motorista, como em “Eu poderia optar por fazer isso agora para que eu possa relaxar esta noite”. Embora possa parecer semântica simples, as palavras que você usa todos os dias em seu diálogo interno podem ter um efeito real sobre a sua atitude.

  1. Reponha a sua resposta padrão.

Pessoas que são naturalmente negativas tendem a usar “NÂO” como sua primeira resposta a novas ideias e experiências. Em parte, elas fazem isso para ganhar tempo, enquanto, na verdade, tomam uma decisão. Mas, em seguida, elas acabam defendendo a escolha “não” e aderindo a ela, mesmo nos momentos em que elas podem escolher diferente. Opte por: “Eu não sou certo; me dê um minuto”. Em seguida, tente encontrar uma boa razão para dizer “sim” antes de dizer “não”.

  1. Mostre que recompensará.

Pode ser importante ter lembretes físicos de positividade em seu ambiente. O que funciona: qualquer coisa que lembre você de realizações passadas (prêmios, escrita publicada, um cartão de visita), as relações satisfatórias (fotos, trabalhos de arte feitos por seus filhos) ou atributos pessoais positivos (talvez um presente ou uma carta apreciativa de um cliente ou chefe que detalha alguns dos seus talentos). É difícil sentir-se embaixo em face da prova real de suas habilidades e vida plena.

  1. Coloque as mãos para cima!

Historicamente, os seres humanos e outros animais têm expressado poder através de grandes posturas abertas. Pense em um pavão abanando o rabo ou um negociador de pé a endireitar-se enquanto seu oponente se senta. Impotência é transmitida através da linguagem corporal, também; pense em crianças assustadas enroladas em posição fetal, ou uma pessoa tímida com ombros curvados e olhos baixos. Em pé e com uma postura mais aberta você vai parecer maior e mais poderoso. A ciência vem ao longo dos anos provando isso.

  1. Seja um pensador crítico, não uma pessoa crítica.

Algumas pessoas tendem a ver sempre o lado negativo de tudo. Mas isso pode apenas significar que a pessoa é um pensador crítico, ou seja, alguém que se aproxima sempre das coisas criticamente. Trabalhar nesse ponto ajudará ela a ver que as coisas podem ser não do jeito que ela imagina. Se você é um pensador crítico, analítico reconheça que é provável que você tem o pensamento crítico em primeiro lugar. Mas em seguida, pratique redirecionar esses pensamentos fazendo-os ver o que mais também é verdade sobre esta situação/dilema/pessoa.

  1. Acorde no lado certo da cama.

Quando você acorda pela primeira vez, é fácil começar a pensar em todas as coisas que devem ser feitas naquele dia ou queixar-se como as crianças portaram-se durante toda a noite. Em vez de deixar sua cabeça ir a esses lugares negativos, sugerimos fazer-se três “perguntas da manhã”: 1) Sobre o que estou animado a fazer hoje? 2) Quem posso incentivar ou servir hoje? (Tirar o foco de si mesmo.) 3) Pelo que eu sou grato? Pensando em tudo o que você tem e sobre o que está animado pode mudar a sua visão e atitude para todo o dia.

  1. Faça o detox das más notícias.

Nós não estamos sugerindo que você viva em um buraco ou finja que luta e tragédia não existem, mas até que você possa construir alguma imunidade para a negatividade que o noticiário da noite pode entregar, faça uma pausa dela. Se é Facebook que te deixa para baixo (por que todo mundo parece tão feliz? Porque todo mundo está postando artigos que eu não concordo?), suspenda a sua conta. Resista à tentação de ler os terríveis detalhes do mais recente acidente ou sequestro.

  1. Largue suas distorções.

Há coisas negativas no mundo. Algumas “pessoas cinzentas” são céticas em focar no positivo com medo de ser “delirante” e não ver os negativos muito reais. Mas todos nós temos distorções de pensamento cognitivo que podem alterar nossas percepções da realidade. Algumas distorções comuns incluem leitura mental, quando você assume que você sabe o que os outros pensam (alguém lhe convida para o almoço, por exemplo, e você assume que é porque ela sente pena de você); a leitura da sorte, quando você prevê o futuro negativamente e, em seguida, reage como se essa previsão é iminente (você assume que uma próxima reunião da empresa significa que você está sendo mandado embora); ou pensamento dicotômico, no qual tudo é tudo ou nada é nada (Todo mundo pensa que eu sou um perdedor ou ninguém pode ser confiável). Reconheça o que suas distorções são e veja se você pode ver as circunstâncias através de uma lente mais clara, mais útil.


Traduzido e adaptado de Succsess Magazine – 9 Ways to Say No to Negativity


Se esse artigo lhe foi útil, curta ou compartilhe!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Author Image

Marta Leite

Life and Business Coach - Harmonia Pessoal

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: