Autoestima e Autoconfiança

Autoestima: quem ou o que determina a sua? Teste e descubra!

Author Image
Escrito por Marta Leite

Você sabia que a sua autoestima, que é a forma como você vê a si próprio, determina todos os aspectos da sua experiência?

Isso afeta desde a maneira como agimos no trabalho, no amor e no sexo, até o modo como atuamos como pais, e até aonde provavelmente subiremos na vida. Nossas reações aos acontecimentos do cotidiano são determinadas por quem e pelo que pensamos que somos. Os dramas da nossa vida são reflexo das visões mais íntimas que temos de nós mesmos. Assim, a autoestima é a chave para o sucesso ou para o fracasso. É também a chave para entendermos a nós mesmos e aos outros.

Quem ou o que determina sua autoestima?

Segundo Nataniel Branden, escritor do livro Os Seis Pilares da Autoestima, “ela tem dois componentes: o sentimento de competência pessoal e o sentimento de valor pessoal. Em outras palavras, a auto-estima é a soma da autoconfiança com o auto-respeito. Ela reflete o julgamento implícito da nossa capacidade de lidar com os desafios da vida (entender e dominar os problemas) e o direito de ser feliz (respeitar e defender os próprios interesses e necessidades)… De forma mais profunda, a autoestima, seja qual for o nível, é uma experiência íntima; reside no cerne do nosso ser. É o que EU penso e sinto sobre mim mesmo, não o que o outro pensa e sente sobre mim”.

Mesmo se tratando do que eu penso sobre mim, a verdade é que a maioria de nós já teve a autoestima abalada ao ouvir coisas do tipo: “todos os outros de sua idade já se casaram e já têm filhos”, “se você tivesse acabado a faculdade quando era suposto, você já teria uma carreira decente agora”, “essas pessoas não são apenas mais atraentes do que você – elas são melhores do que você”.

Muito embora a maioria de nós tenha questões com a autoestima, a verdade é que tanto o significado de autoconfiança quanto os fatores que a põem em cheque são diferentes para cada um de nós. Se essa também é uma questão sua e se isso lhe afeta de forma significativa a vida, busque trabalhar nessa questão. Aqui vai uma lista de perguntas que lhe ajudarão a descobrir:

O que é auto confiança para você e o que determina seus níveis?

  1. O que é que a confiança significa para você?
  1. Como você a definiria?
  1. Quando foi um momento em sua vida que você sentiu-se confiante? O que o fez se sentir assim?
  1. Quando foi um momento em sua vida que você não se sentiu confiante? O que fez com que isso acontecesse?
  1. Quem é alguém que tem contribuído para a sua confiança?
  1. O que é que essa pessoa faz ou diz para construir a sua autoestima ou o sentimento de autoestima positiva?
  1. Quem é alguém que tem comprometido a sua confiança? O que essa pessoa faz ou diz para derrubá-lo e levá-lo a duvidar de si mesmo?
  1. Você chama a si mesmo de uma pessoa confiante? Por que ou por que não? É situacional?
  1. O que é uma coisa específica que ajuda você a gostar de si mesmo e da sua vida?
  1. O que é uma coisa específica que você faz que mina a sua autoestima e faz com que você não goste de si mesmo ou da sua vida?
  1. Você se compara aos outros?
  1. Como é que o impacto disso na sua confiança?
  1. Você é bom em alguma coisa? Isso faz você se sentir confiante? Explique.
  1. Você acha que pode “dar” a alguém (ou seja, uma criança, um amigo ou empregado) confiança?
  1. Qual é o melhor conselho que alguém lhe deu sobre como se sentir e agir de forma mais confiante?
  1. Qual o seu conselho para alguém que quer aumentar a sua autoestima?

Referências: Nathaniel Branden – The Six Pillars of Self-Esteem: The Definitive Work on Self-Esteem by the Leading Pioneer in the Field Paperback – Maio 1, 1995 


Se esse artigo foi útil, curta e compartilhe!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Author Image

Marta Leite

Life and Business Coach - Harmonia Pessoal

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: