Relacionamentos

Relações: por algumas vale lutar; por outras, não!

Relações: por algumas vale lutar; por outras, não!
Author Image
Escrito por Marta Leite
O fato é, o amor e as relações são complicadas. Seus sentimentos e as escolhas que você deve fazer nem sempre serão claras. Pelo contrário, muitas vezes serão até mesmo conflitantes. Está tudo bem se sentir confuso e incerto. 

E é justamente pelo fato das relações serem complicadas que tomar a decisão de ficar ou de sair é uma das escolhas mais difíceis que somos convidados a fazer.

A coisa importante a entender é que existem muitos tipos diferentes de amor e nem todos eles contribuem para relações equilibradas e vida saudável. Apesar do que a todos nós foi dito, existem certos tipos de amor pelos quais não vale a pena lutar.

Sim, o amor é paciente e o amor é bondoso, mas, ocasionalmente, ele é controlador e cruel. Às vezes pode ser volúvel e caprichoso, sempre indo e vindo sem entregar uma coisa de que você pode depender ou ter certeza.

O conceito de que o único tipo “real” de amor é estável, simples e apaixonado é um equívoco na melhor das hipóteses e prejudicial na pior das hipóteses – se você escolher acreditar que nada menos do que perfeito não é amor, você está certamente indo viver uma vida vazia e solitária.

Em vez disso, aprenda a reconhecer as quedas e dificuldades no seu relacionamento e diferenciar entre aqueles que você pode corrigir, aqueles que você não pode, e aqueles que está disposto a aturar. Só então você pode tomar uma decisão esclarecida sobre o que é melhor para você.

Lembre-se, independentemente de quão infeliz a relação faz você se sentir, o seu medo de deixar ir é válido e nada há de que se envergonhar. Porque não importa como você está sendo tratado, ainda dói como o diabo para sair. Não importa o quão monótono e pouco inspirador o relacionamento, ele ainda vai parecer impossível substituir. Você ainda vai sentir falta dele muito por muito tempo depois de ele ir embora, independentemente das circunstâncias de sua partida.

Mas isso não significa que você tem que segurar, que vale a pena todo o sacrifício, que vale a pena uma vida. Quando o coração e a lealdade deram lugar ao ciúme e desconfiança. Quando a paixão é substituída por previsibilidade e rotina. Quando o amor torna-se mais fazer o outro esperar do que fazer o outro feliz, é hora de deixar ir e seguir em frente.


Postado originalmente em Thought Catalog Some Relationships Are Worth Fighting For, But Some Aren’t – By Beau Taplin


Curta e compartilhe!

Queremos fazer o melhor para você. Deixe aqui a sua avaliação do nosso conteúdo!

Sobre o autor

Author Image

Marta Leite

Life and Business Coach - Harmonia Pessoal

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: